fbpx

Instituto Ortopédico Rizzoli

Instituto Ortopédico Rizzoli

A história do Instituto Ortopédico Rizzoli, fundado em 1896, em Bolonha, Itália, confunde-se, desde o início, com a história da Ortopedia e Traumatologia mundial, graças ao trabalho dos primeiros diretores, Alessandro Codivilla e Vittorio Putti. Alessandro Codivilla (1861-1912), considerado o fundador da ortopedia moderna em Itália, foi diretor do Rizzoli desde 1899.

Seguidamente, o seu diretor Vittorio Putti (1880-1940), foi considerado um dos melhores ortopedistas do Mundo, da primeira metade do século XX. A Putti são reconhecidos méritos no desenvolvimento organizacional das Rizzoli, bem como numerosos contributos para o avanço da prática e pesquisa ortopédicas (realizou inovações no tratamento da anquilose, luxação congênita da anca, deformidades pós-traumáticas, alongamento dos membros, etc.).

No Congresso de 1936, realizado em Bolonha, foi criada a atual SSociété Internationale de Chirurgie Orthopédique et de Traumatologie (SICOT) e Putti foi o seu primeiro vice-presidente. Na sua morte, em 1940, o New England Journal of Medicine, referiu que ele dirigiu o centro ortopédico mais reconhecido do mundo.

Em 1926, João de Espregueira-Mendes regressa de estágio no Instituto Ortopédico Rizzoli e consagra-se a esta, então inovadora, especialidade médica:
a Ortopedia.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *